• Orientações Covid 19
  • .
  • .

Notícias

28/04/2020 17:10

Consumidores de Salvador podem adquirir produtos da agricultura familiar por plataformas digitais

Cooperativas e associações da agricultura familiar baiana estão utilizando as plataformas digitais e o sistema de entrega delivery, como estratégia de mercado, neste período de pandemia do novo coronavírus. O objetivo é oferecer novas formas de acesso aos produtos e garantir que alimentos saudáveis cheguem à mesa dos soteropolitanos.

As Cooperativas de Cafés Especiais e Agropecuária de Piatã (Coopiatã), da Chapada Diamantina, e a Cooperativa de Serviços Sustentáveis da Bahia (Coopessba), de Ilhéus, que comercializa a marca de chocolate Natucoa, estão juntas comercializando seus produtos na capital baiana, por meio da Plataforma Balcão Online. 

"Contratamos um revendedor que, além de ajudar na propaganda ‘boca a boca’, realiza a entrega dos pedidos da plataforma balcao.online/coopiata. Os consumidores, ao pagarem o frete, têm o produto em sua casa no mesmo dia ou no dia seguinte”, explica o presidente da Coopiatã, Rodolfo Moreno. 

Moreno destaca que às quintas-feiras a entrega é gratuita. “Para o frete grátis, basta selecionar na loja virtual a opção retirar na loja, entraremos em contato e realizaremos a entrega. O nosso foco é fortalecer as marcas das cooperativas na capital”, afirmou.

Outro ponto de venda online de produtos da agricultura familiar é a loja virtual Escoar.Por lá é possível encontrar um mix de produtos, a exemplo de Iogurtes de licuri, umbu, abacaxi e café, manteiga, queijos, castanhas, pasta de castanha pura e com cacau, cervejas artesanais, geleias de maracujá da Caatinga e de umbu, compota e doce de umbu, doce de goiaba, Umbu Bom. Também são comercializados o flocão de milho não transgênico, mingau de milho, mingau de multicereais, chocolates e barra de cacau com nibs.

Uma das idealizadoras da Escoar, Susana Calmon informou que a loja atende todo país, mas, devido à pandemia, neste momento está focada em Salvador, com entrega gratuita dos produtos. “A procura por produtos da agricultura familiar é crescente, até mesmo em tempo de isolamento social, com destaque para os bairros de Brotas, Pituba e Barra. Para Lauro de Freitas e região metropolitana também fazemos entrega, mas cobrando uma taxa de entrega”, disse Calmon.

A maioria das cooperativas que comercializam pelo site da Escoar tem o apoio do Governo do Estado, por meio de programas e projetos executados pela Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) e suas unidades. 

Na lista de empreendimentos estão a Coopiatã, Coopessba, Cooperativa Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá (Coopercuc), do município de Uauá; Cooperativa de Produção Agropecuária de Giló (Coopag), de Várzea Nova; Cooperativa da Cajucultura Familiar do Nordeste da Bahia (Cooperacaju) e  Cooperativa dos Apicultores de Ribeira do Pombal (Cooarp),  de Ribeira do Pombal; a Cooperativa Regional de Agricultores Familiares e Extrativistas da Economia Popular e Solidária (Coopersabor), de Monte Santo, e Cooperativa Agropecuária Mista Regional de Irecê (Coopirecê), de Irecê. 
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.