• Cefir nos municípios
  • .
  • Cerrado Bahia
  • .

Órgãos Colegiados

Conselho Estadual do Meio Ambiente – Cepram
CepramO Cepram é o órgão superior do Sistema Estadual do Meio Ambiente (SISEMA) de natureza consultiva, normativa, deliberativa e recursal. Tem por finalidade o planejamento e acompanhamento da política e das diretrizes governamentais voltadas para o meio ambiente, a biodiversidade e a definição de normas e padrões relacionados à preservação e conservação dos recursos naturais.


Conselho Estadual de Recursos Hídricos – Conerh
ConerhO Conerh é um órgão superior do Sistema Estadual de Gerenciamento de Recursos Hídricos, com caráter consultivo, normativo, deliberativo, recursal e de representação para atuar na defesa e proteção dos recursos hídricos, tendo por finalidade formular, em caráter suplementar, a Política Estadual de Recursos Hídricos.


Comissão Interinstitucional de Educação Ambiental  CIEA

CieaÉ um espaço público colegiado, instituído pelo poder público estadual, destinado a constituir-se em uma instância de coordenação das atividades de Educação Ambiental no Estado. A Ciea é composta por 34 representantes da sociedade civil, poder público municipal, estadual e federal, redes de educação ambiental, movimentos sociais, povos e comunidades tradicionais instituições de ensino que atuem na área de EA.

Fórum Baiano de Mudanças Climáticas e Biodiversidade  FBMC-Bio
FbmcTem como objetivo promover a cooperação mútua entre os órgãos públicos, privados e a sociedade civil, visando sensibilizar e mobilizar a sociedade baiana para a discussão e apoio sobre o fenômeno das mudanças climáticas globais.



Fórum Baiano de Comitês de Bacias Hidrográficas – FBCBH
FbcbhÉ uma instância colegiada formada pelo conjunto dos Comitês de Bacias Hidrográficas legalmente instituídos no âmbito do Sistema Estadual de Recursos Hídricos existentes no território do Estado da Bahia e Interestadual. 




CerbmaTem por objetivo apoiar e coordenar a implantação da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica no estado, priorizando a conservação da biodiversidade, o desenvolvimento sustentável e o conhecimento científico e tradicional. 




A Câmara de Compensação Ambiental é uma instância deliberativa e uma das suas atribuições é definir a aplicação dos recursos oriundos da compensação ambiental.
Recomendar esta página via e-mail: