• .

Notícias

20/10/2021 22:20

Sema realiza reunião interinstitucional para fortalecimento do Programa Água Doce

A Secretaria do Meio Ambiente (Sema) realizou na quarta-feira (20), de maneira virtual, uma reunião extraordinária entre os representantes dos órgãos de governo que integram o Núcleo Estadual do Programa Água Doce (PAD). Na oportunidade foram apresentados o relatório de execução do Programa e o Plano de Ação para Sustentabilidade.

A coordenadora do Programa Água Doce na Bahia, Luciana Santa Rita, apresentou aos participantes o relatório de execução das obras do PAD em todo o estado, suas etapas, desde o estudo de viabilidade dos poços à entrega e operação dos dessalinizadores. “Estamos em um momento de fundamental importância para a continuidade do Água Doce, principalmente na perspectiva de tornar os sistemas sustentáveis, com a gestão realizada pelas comunidades. Este encontro visa a integração e a parceria entre os diversos entes de Governo, agregando sugestões e ações de cada órgão que possam gerar benefícios às comunidades atendidas, pensando na valoração da oferta de água, instituindo o PAD como uma política pública interinstitucional. Como exemplo, o incentivo a geração de renda por meio de unidade produtiva de peixe (tilápias), apresentado pela Bahia Pesca, bem como, na agricultura biossalina, com água de resíduo do sistema”.

Outro destaque foi a elaboração de curso para formação de multiplicadores locais. “O foco são agentes comunitários que atuam nos municípios diariamente junto às comunidades, para que fortaleçam a importância do consumo da água de alta qualidade, disponibilizada pelo equipamento, para melhoria na saúde e que passe a ser utilizada também pelas instituições, como escolas, posto de saúde, associações, dentre outros”, destacou a coordenadora.

O técnico da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (Car), Abimael Passos, falou sobre os trabalhos de manutenção e operação técnica dos sistemas. “Quando fomos acionados para participar deste Programa, inicialmente através de contratação para serviços de manutenção dos dessalinizadores, procuramos parcerias entre as instituições e capacitação dos operadores, para que a própria comunidade possa identificar os problemas e realizar pequenos reparos, mantendo o equipamento em pleno funcionamento e sem interrupções”.

Na Bahia, o núcleo estadual possui representações das Secretarias do Meio Ambiente (Sema), de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS), da Saúde (Sesab), de Desenvolvimento Rural (SDR), de Desenvolvimento Urbano (Sedur), de Justiça Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), Casa Civil, Inema, Companhia De Desenvolvimento E Ação Regional (Car), Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater), Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia (Cerb), da Bahia Pesca e do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs).

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.