• .

Notícias

10/09/2021 17:40

Aberta seleção para contratação de consultoria para elaboração de cursos do FORMAR

A Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema) e o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) convidam, através do Projeto Pró-Espécies, pessoas jurídicas para participarem do processo seletivo para contratação de consultoria que realizará a atualização, elaboração e acompanhamento de cursos na modalidade EaD do FORMAR. Estes cursos representam objetivos importantes do Plano de Ação Territorial (PAT) Chapada Diamantina-Serra da Jiboia. Os interessados devem enviar a proposta até o dia 20/09 e mais informações (inclusive carta-convite com detalhes da contratação) poderão ser acessadas no site do Projeto Pró-Espécies.

O PAT Chapada Diamantina-Serra da Jiboia foi reconhecido pela Portaria INEMA Nº 22.000 de 17/12/2020, como estratégia de planejamento para conservação de espécies ameaçadas de extinção numa parceria entre o INEMA, a SEMA e o WWF Brasil dentro da “Estratégia Nacional para a Conservação de Espécies Ameaçadas – Pró-Espécies: Todos contra a extinção”. 

A consultoria contratada irá aprimorar o curso EaD de Fiscalização Ambiental, elaborar novo módulo deste mesmo tema e criar um novo sobre Turismo Sustentável, bem como acompanhar a execução de duas turmas (uma de cada curso) e ajustar os conteúdos considerando as devolutivas recebidas.  “Os cursos serão disponibilizados na plataforma do Formar e as turmas piloto serão justamente os públicos-alvo do PAT. No caso da Fiscalização Ambiental, serão gestores municipais e agentes de fiscalização, já o de Turismo Sustentável será destinado para guias, condutores de ecoturismo, agenciadores de turismo e proprietários de estabelecimentos comerciais. A capacitação dos atores sociais que atuam direta e indiretamente na região do PAT é essencial para a consolidação dos  objetivo estabelecidos para a prevenção, conservação, manejo e gestão para minimizar o risco de extinção e melhorar o estado de conservação das espécies ameaçadas”, explicou o superintendente de Políticas e Planejamento Ambiental (SPA), Tiago Porto. 

O território delimitado no PAT engloba 56 municípios, perfazendo uma área de 3.918.743 hectares no estado da Bahia onde ocorrem 27 espécies alvo da flora e da fauna, criticamente em perigo de extinção. Essa área apresenta fitofisionomias de caatinga, floresta estacional e enclaves de campo rupestre e cerrado.



Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.