• .

Notícias

23/11/2020 16:00

Bahia troca experiência com a Espanha sobre os impactos das manchas de óleo

Uma das ações do Governo do Estado para reparar os impactos do derramamento de óleo no litoral baiano, que ocorreu no final do ano passado, é a troca de experiência com Governo da Espanha, que também passou por um desastre ambiental, em 2002, com o derramamento de óleo do navio-petroleiro Prestige, que afundou na costa galega. O petroleiro tinha capacidade para 42 mil toneladas, mas transportava 77 mil toneladas de óleo combustível pesado. 

O Webinário Espanha-Bahia - Intercâmbio sobre os Impactos das Manchas de Óleo no Litoral Baiano será realizado na próxima quinta-feira (26), das 7h30 às 14h, pela Plataforma Teams, com a participação de técnicos e gestores dos órgãos e instituições que acompanharam de perto e executaram diversas ações para enfrentamento desse desastre. Mais informações pelo e-mail: pedro.tojo@sema.ba.gov.br ou pelo telefone 3118-5338.

A articulação para a realização desse importante debate foi feita pelo secretário do Meio Ambiente (Sema), João Carlos Oliveira, e pela diretora-geral do Inema, Márcia Telles, durante a COP 25, em Madri. 

Os especialistas espanhóis apresentarão os trabalhos realizados nas seguintes etapas: metodologia de identificação dos impactos do desastre; organização institucional; impactos socioeconômicos; impactos e monitoramento na saúde pós-desastre; e impactos na fauna, nos estuários, nos mangues e nos recifes de corais. Durante o Webinário haverá ainda um momento para o debate sobre crise hídrica, dessalinização e reutilização de água para atividades agrícolas. 

Confira a programação completa: 

Impacto ambiental de derramamentos de hidrocarbonetos

7h30: Abertura e boas-vindas
Secretário do Meio Ambiente do Estado da Bahia, João Carlos Oliveira, diretora-geral do Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), Márcia Telles,  e a diretora-geral da Costa e do Mar da Espanha, Ana Oñoro Valenciano.

7h40: Planejamento, limpeza e reabilitação da Costa da Galícia, após o derramamento de óleo do navio Prestige.
Rafael Eimil: chefe de Demarcação das Costas da Galícia

8h20: A catástrofe de prestígio: lições aprendidas 
Carlos Gil: Assessor Técnico da Demarcação das Costas da Galícia

09h10: Técnicas de respostas no território e a organização dos intervenientes
Miguel Rodríguez Ruzo: Técnico da TRAGSA (Grupo de empresas públicas, que tem a missão de fornecer às administrações soluções ambientais e de desenvolvimento)

10h: Debate

10h30/ 11h: Intervalo

Crise hídrica, dessalinização e reutilização de água para atividades agrícolas

11h: Saudações e boas vindas à sessão de Águas
Secretário do Meio Ambiente do Estado da Bahia, João Carlos Oliveira, diretora-geral do Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), Márcia Telles e diretor-geral de Águas da Espanha, Teodoro Estrela.

11h10: Estruturas legais de recursos convencionais e não convencionais 
Concepción Marcuello: Unidade de Apoio da Direção Geral de Águas da Espanha 

11h45: Práticas de reutilização para uso agrícola.
Ignacio del Río: Centro de Estudos Hidrográficos (Cedex)

12h15: O caso de Murcia no reaproveitamento de águas residuais recuperadas 
Pedro Simon: Diretor Técnico ESAMUR (Unidade de Saneamento e Tratamento de Águas Residuais da Região de Murcia, Espanha)

13h: Práticas de dessalinização na Espanha 
Ignacio González-Castelao: Vice-Diretor de Controle de Gestão e Desenvolvimento da Sociedad Estatal Aguas de las Cuencas Mediterráneas, S.A. (Acuamed)
 
13h30: Debate

14h: Encerramento

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.