• Orientações Covid 19
  • .

Notícias

21/05/2020 16:30

Live destaca relação do meio ambiente e educação em tempos de coronavírus

"Na relação educação e meio ambiente, a pandemia do coronavírus traz mais um desafio para humanidade, entre tantas outras que já passamos. E o nosso aprendizado, infelizmente, será pela dor, porque não fomos suficientemente educados para enfrentarmos algo dessa magnitude". Essa foi umas das reflexões apresentadas pelo doutor em Educação pela Universidade de São Paulo, Valdo Cavallet, durante a "live” Pandemia e Meio Ambiente, apresentada pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema), nesta quarta-feira (20), com mediação do secretário da pasta, João Carlos Oliveira. 

Para Cavallet, as nossas ambições estão superando a nossa condição de humanos, de provedores e desenvolvedores, e certamente afetará nossa relação com o meio ambiente. "Temos a capacidade de nos resignificar, principalmente num processo de responsabilidade e solidariedade com as outras espécies que convivemos nesse planeta. Mas, isso não quer dizer, e nem garante, que iremos superar essa situação com um olhar diferente ao meio ambiente e nossas relações sociais. Um exemplo: temos o uso das tecnologias como uma grande ferramenta para educação. Mas, o que adianta tê-la se não soubermos como utilizá-la de maneira libertadora?", ponderou Valdo Cavallet. 

O secretário João Carlos provocou o convidado a explanar sobre uma educação libertadora, dialogando sobre a necessidade de uma educação viva e consciente. “Uma educação libertadora prioriza o aprendizado da criança a partir da realidade que a cerca. Para além dos recursos tecnológicos, em que a criança conhece, por exemplo, o que é uma borboleta a partir de uma imagem, ela precisa vivenciar essa experiência, ver e sentir a borboleta, a natureza. Precisamos estar conectados com nossa essência, com a vida que está perto de nós, de corpo presente”, analisou Cavallet. 

 O bate papo com o professor Cavallet está disponível no instagram da Sema (@semabahia) até às 19h de hoje (20). Na próxima quarta-feira (28), a sema convida o ambientalista Renato Cunha, coordenador Executivo do Grupo Ambientalista da Bahia (Gambá), para falar sobre “Sustentabilidade do Bioma Mata Atlântica na Atualidade”, com mediação da coordenadora de Gestão Ambiental Compartilhada (GAC) da Sema, Kitty Tavares.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.