• Orientações Covid 19
  • .
  • .

Notícias

16/04/2020 17:00

Segunda Live debate a busca de novas drogas contra o coronavírus

Com o tema "Pandemias e Meio Ambiente", a Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema) realizou nesta quarta-feira (15), um debate ao vivo pelo Instagram com o doutor em Biotecnologia, Bruno Andrade. Na ocasião, o secretário João Carlos Oliveira foi o responsável pela mediação das perguntas dos internautas sobre o trabalho estratégico desenvolvido pelas universidades estaduais da Bahia, EUA, Índia e da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em busca de medicamentos cientificamente comprováveis contra o coronavírus.

“Nossa linha de pesquisa busca novas drogas para várias doenças e o coronavírus entrou em nossa lista de estudos. Basicamente, a gente utiliza substâncias químicas, principalmente das fontes naturais para atacar as doenças. Por meio de comparações químicas computacionais podemos saber se algumas daquelas moléculas podem se tornar candidatas futuras as drogas para combater as doenças”, explicou o pesquisador sobre o trabalho desenvolvido no Laboratório de Bioinformática e Química Computacional da Universidade Estadual do sudoeste da Bahia (UESB).

Durante a transmissão, o cientista também destacou a diferença entre a utilização de uma vacina e um medicamento antiviral. “De forma didática, a primeira opção tem o objetivo de proteger o indivíduo da infecção para que a doença não se dissemine. Mas, uma vez que aquela doença já ocorreu a vacina não tem efeito. Daí a importância de você ter o desenvolvimento da droga, nesse caso o antiviral, por isso a importância de estudos realizados sobre esse tema.

Live 

A próxima live acontecerá dia 22 (quarta-feira), a partir das 18h, e será transmitido no Instagram da Sema (@semabahia). A convidada da vez será a pesquisadora Leana Mattei, que é mestra em Desenvolvimento e Gestão Social pela Ufba. Ela tem MBA em Responsabilidade Social Empresarial, especialização em Metodologia do Ensino Superior, formação em mediação de conflitos e é graduada em Comunicação e Relações Públicas. 

Há 18 anos, Mattei trabalha com temas relacionados à responsabilidade social e à sustentabilidade, começando como voluntária do Grupo Ambientalista da Bahia (GAMBÁ), da qual ainda faz parte do quadro como conselheira diretora. Além do Gambá, trabalhou com a Rede de ONG’s da Mata Atlântica, com o Comitê da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica, no Movimento Estado de Paz, no Instituto Baleia Jubarte, dentre outros.

.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.