• Bahia estado voluntário
  • .
  • .

Notícias

12/11/2019 19:20

Pauta ambiental é destaque no Festival Literário Nacional em Cajazeiras

Cajazeiras, o maior bairro da América Latina, recebeu na manhã desta terça-feira (12) o ator Lázaro Ramos e a cantora Luedji Luna, para a abertura do primeiro Festival Literário Nacional (Flin), que entra este ano no circuito das 31 festas literárias realizadas na Bahia.

Promovido pelo Governo da Bahia, por meio da Fundação Pedro Calmon (FPC/Secult), o festival conta com a participação da Secretaria do Meio Ambiente do Estado (Sema) e do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) que levaram a pauta ambiental para o Flin. O secretário do Meio Ambiente, João Carlos Oliveira, participou da abertura do evento e presenteou o ator e parceiro do festival, Lázaro Ramos, com uma muda de cajá, símbolo do bairro.

“Esta é uma grande ação do Governo da Bahia em que a Sema e o Inema participam com o projeto: Cajazeiras Árvore da Cidadania. Durante os três dias do festival estaremos aqui com distribuição de mudas nativas, a exemplo do cajá e cacau; apresentação do projeto Nascentes de Cajazeiras; distribuição de material didático; oficina de compostagem; e ações de Educação Ambiental. A Flin é um símbolo que educação, cultura e meio ambiente são os alicerces para uma vida ambientalmente sustentável para esta e as novas gerações”, afirmou o secretário.

O público poderá conhecer o mapeamento e caracterização das nascentes de Cajazeiras, como explica o superintendente de Políticas e Planejamento Ambiental da Sema, Claudemir Nonato. “O objetivo dessa ação é dar visibilidade às áreas de nascentes, córregos, remanescentes de mata atlântica e outras áreas naturais, através da sua localização por meio do mapa. E, principalmente, sensibilizar os moradores locais e o público presente no festival literário, para a importância da recuperação, proteção e gestão destas áreas naturais”, ressaltou.

Coordenado por Tiago Brasileiro, técnico da Sema, o trabalho do Mapeamento das Nascentes de Cajazeiras apresenta a rede de drenagem natural do bairro e a identificação de alguns lugares de valor simbólico para moradores locais. “Neste trabalho, a região de Cajazeiras abrange também os conjuntos urbanos de Fazenda Grande, Jaguaripe e Boca da Mata, e está presente nas Bacias Hidrográficas dos rios Jaguaribe e Ipitanga. Algumas áreas foram visitadas no âmbito dessa ação de educação ambiental realizada pela Sema e entidades sociais, em parceria como o setor de cartografia do Inema”, explicou Tiago.

“Para adquirir o Mapa das Nascentes de Cajazeiras, participar da oficina de compostagem ou ter acesso aos materiais produzidos pelos órgãos ambientais, basta ir ao estande da Sema e do Inema no festival, que segue até sexta-feira (15), no Ginásio Poliesportivo do bairro”, convida a coordenadora do estande ambiental, Cláudia Pitta.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.