• Cefir nos municípios
  • .
  • .
  • Bahia estado voluntário
  • Bahia estado voluntário

Notícias

22/10/2019 14:10

Subcomitê discute sobre prevenção e combate aos incêndios Florestais na Chapada Diamantina

O Governo da Bahia, por meio da Secretaria do Meio Ambiente (Sema) e do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), realizou nesta segunda-feira (21), no município de Mucugê, a 12ª Reunião do Subcomitê de Prevenção e Combate aos incêndios florestais da Chapada Diamantina. O principal objetivo do encontro, realizado na Câmara de Vereadores, foi apresentar os resultados das ações do programa Bahia Sem Fogo na região e debater e avaliar as próximas ações de prevenção, monitoramento, fiscalização e combate na região.

De acordo o diretor de Biodiversidades e Florestas da Sema, Mauricio Galvão, o Governo do Estado já investiu cerca de R$ 6,9 milhões para o programa, de modo a adquirir os recursos necessários para o combate aos incêndios e capacitar os brigadistas para as operações. Na ocasião, o diretor disse que “o papel dos Subcomitês também precisa ser destacado como uma instância importante para a integração das ações do Bahia Sem fogo, no sentido de potencializar o trabalho junto às prefeituras, as associações e as comunidades na prevenção e combate a incêndios florestais”.

O capitão Murilo Rocha, subcomandante do 11ºGBM/Itaberaba e membro do Grupo de Trabalho do Programa Bahia Sem Fogo, explicou as ações preventivas e de combate realizado pelo Corpo de Bombeiros no contexto dos incêndios florestais. “Estar diante de pessoas que, muitas delas de forma voluntária, vieram participar deste evento e atuam em ações de combate aos incêndios florestais, como é o caso dos brigadistas voluntários, é algo que torna ainda mais gratificante atuar na prevenção e mitigação dos incêndios florestais.

O Programa Bahia Sem Fogo, coordenado pela Sema e formado por representantes de secretarias estaduais, instituições municipais e federais, atua na prevenção às queimadas, promovendo cursos para formação de peritos, treinamento de brigadistas, reuniões e oficinas com as comunidades rurais, campanhas de prevenção, sensibilização e educação ambiental e a organização de subcomitês.

Gestão Ambiental Compartilhada

Antecipando a reunião do Subcomitê, foi realizado também, na Câmara de Vereadores, o seminário Município e a Agenda Ambiental, para apresentar o programa Gestão Ambiental Compartilhada e as ações para o fortalecimento dos sistemas Municipais de Meio Ambiente dos municípios consorciados do Chapada Forte. Foram realizadas palestras sobre a importância dos instrumentos de planejamento e controle na gestão ambiental, apresentação sobre apoio à estruturação da gestão municipal por intermédio do convênio com o consórcio público e uma mesa redonda sobre a competência do município na política ambiental.

Estiveram presentes representantes dos municípios consorciados do Território; representantes e técnicos do consórcio público; gestores, técnicos, servidores dos municípios; membros dos conselhos municipais de meio ambiente e de outros colegiados do território de identidade ou de Comitê de Bacia Hidrográfica.

A Secretaria do Meio Ambiente (Sema) coordena o Programa Estadual de Gestão Ambiental Compartilhada (GAC) que atende à diretriz do Governo do Estado de apoio à descentralização da gestão pública do meio ambiente. Seu principal objetivo é apoiar os municípios baianos, individualmente ou por meio de consórcios territoriais de desenvolvimento sustentável, no processo de organização e ampliação da capacidade dos municípios para a gestão ambiental, tendo em vista a estruturação e efetivação do Sistema de Meio Ambiente (Sisema).
.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.