• .
  • .

Notícias

24/08/2019 14:00

Sema articula ampliação de projeto em sistemas agroflorestais na região de Ilhéus

A implementação de políticas públicas na restauração de áreas em sistemas agroflorestais da Bahia foi pauta de diálogo entre o secretário estadual do Meio Ambiente (Sema), João Carlos Oliveira, a coordenadora da Associação Nacional de Órgãos Municipais de Meio Ambiente (Anamma), Mariana Gianiak e o diretor de Políticas Públicas da Fundação S.O.S Mata Atlântica, Mário Mantovani. A reunião aconteceu na sexta-feira (24),  no Centro Administrativo da Bahia, em Salvador, com a participação da superintendente de Inovação e Desenvolvimento Ambiental, Clarissa Amaral e o assessor de Internacionalização da Sema, Pedro Tojo.

O secretário João Carlos Oliveira destacou que o projeto apresentado tem como objetivo a implementação de políticas públicas locais, que no Brasil se configura com os planos municipais da Mata Atlântica. "O projeto prevê a restauração em 400 hectares de área em sistemas agroflorestais, e provavelmente essa parceria irá acontecer em uma área que já tem vocação para o desenvolvimento de agroflorestas que são chamados cabrucas, explicou. Finalizando a parceria, o projeto que já trabalha em Porto Seguro e Santa Cruz Cabrália, vai se estender também para o município de Ilhéus, ampliando as ações no Brasil.

De acordo com Mariana Gianiak, os três municípios baianos já possuem os planos municipais e o trabalho será de articular para que as ações estratégicas estejam contempladas e que sejam monitoradas pela sociedade civil, por meio dos conselhos municipais de meio ambiente. Em Ilhéus, o plano de ação vai ser construído em parceria com a Sema, a prefeitura e o Instituto Nossa Ilhéus, associação da sociedade civil que foi um dos grandes promotores da elaboração do plano municipal de Mata Atlântica na região.

"O próximo passo será uma reunião em Ilhéus, nas próximas semanas, para o levantamento da situação do status do plano municipal da Mata Atlântica. Em seguida, alinharemos com a Sema quais são as demandas que encontramos no município e já partimos para elaboração de um plano de ação para implementação dessas ações", finalizou a coordenadora da Anamma.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.