• .
  • .

Notícias

25/07/2019 07:00

Feira de Correntina mostra a força da agricultura familiar na região

Em dois anos, a Feira da Agricultura Familiar de Correntina, que acontece na Praça do Mercado Velho, passou a contar com 300 produtores rurais e milhares de visitantes semanalmente. Para celebrar essa iniciativa, a Prefeitura Municipal de Correntina, em parceria com o Governo do Estado, montou uma grande festa para a população nesta quarta-feira (24). O secretário estadual do Meio Ambiente (Sema), João Carlos Oliveira e o diretor da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), Wilson Dias participaram do evento.

Além da comercialização dos produtos, o evento contou contou com exposição de animais, distribuição de mudas de árvores nativas e frutíferas, demonstração de máquinas agrícolas, palestras, assinatura de ordens de serviço e apresentações musicais.

"É na feira que se discute a vida do homem do campo. A agricultura familiar não é só alimento, é saúde. Os produtores rurais são parceiros do meio ambiente e é na feira que encontramos produtos de qualidade. A agricultura familiar no Oeste mostrou que tem força e grande poder de transformação da população", destacou o secretário João Carlos.

"Essa é uma atividade nova, que vem gerando emprego e renda na região. Com um dia a mais de feira, a Prefeitura alavancou essa atividade produtiva e vem fazendo uma grande revolução em Correntina. O dinheiro movimentado na feira vai para o comércio, fazendo com que a riqueza circule no município, impulsionando a economia", destacou Wilson Dias. O diretor da CAR falou ainda sobre a ampliação dos Sistemas de Produção Agroecológica Integrada e Sustentável (Sistema PAIS), através do Bahia Produtiva.

O prefeito Nilson Maguila, que é filho de produtores rurais da comunidade de Barra das Lages, tem desenvolvido projetos que vêm fazendo a diferença no campo. “A Feira representa mais renda para as famílias e mais qualidade de vida para o produtor rural. Todos os produtos da feirinha são da região e vem da força do trabalho dos agricutores familiares”, afirma o gestor.

Ações ambientais

O município fez parte do Programa Cerrado no Oeste baiano, executado pela Sema e o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema). O projeto garantiu o investimento de 4,4 milhões de dólares para o fortalecimento da gestão ambiental na região.  Foram cadastradas em Correntina 4.440 pequenas propriedades rurais. As ações estratégicas contemplaram também a instalação de viveiros para produção de mudas de espécies nativas, distribuição de kits de maquinários e ferramentas para implantação de sistemas agroflorestais e aquisição de uma Estação Climatológica.

Foi realizado ainda o isolamento de 136 quilômetros em áreas de preservação permanente (APP). Na área de controle, fiscalização e preservação ambiental para a região, vale destacar o sistema de monitoramento contínuo e automático da cobertura vegetal e uso da terra no estado da Bahia, o Curupira. 
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.