• .
  • .

Notícias

10/07/2019 16:30

Pequenos produtores do Oeste participam de workshop sobre fortalecimento da agricultura sustentável

Cumprindo uma extensa agenda no Oeste baiano, o secretário estadual do Meio Ambiente, João Carlos Oliveira participou na tarde de ontem (9), do “Workshop: Uma Tarde com Agricultor”, promovido pela Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba) e Instituto Aiba (Iaiba), na Fazenda Modelo Paulo Mizote, no Perímetro Irrigado Barreiras Norte.

O encontro é uma extensão do projeto “Educação Transforma”, que prevê o intercâmbio de conhecimento entre agricultores empresariais e familiares e especialistas agrícolas, através do debate da importância do uso racional dos elementos naturais que auxiliam a produção sustentável.

O evento reuniu produtores rurais das comunidades agrícolas localizadas no entorno das bacias do Rio Grande e Rio de Janeiro, e contou com a presença de representantes de órgãos ambientais do governo do Estado. Foi realizada uma ampla discussão sobre o fortalecimento da agricultura familiar, fortalecendo o diálogo entre todos os envolvidos da cadeia produtiva e também com a esfera pública, a fim de que sejam desenvolvidas políticas e ações sustentáveis.

“Uma região como esta, onde temos o agronegócio com o melhor índice de produção e produtividade, com um avanço tecnológico incrível, o Estado, através do Sema, entra buscando o estreitamento dessas parcerias, aqui nós temos tudo: terra, luminosidade, água e tecnologia, que é fundamental. Neste evento, a Aiba conseguiu reunir pequenos, médios e grandes produtores, com um único interesse: estabelecer a agricultura de forma ambientalmente correta, buscando o desenvolvimento sustentável onde todos possam sair beneficiados, onde possamos produzir e preservar. Saio daqui feliz com a certeza que estamos no caminho certo”, pontuou o secretário João Carlos, que também visitou o Projeto de Irrigação Riacho Grande para conhecer práticas sustentáveis utilizadas na plantação de Cacau no Oeste da Bahia, cultura recém-implantada na região.

O Conselheiro Consultivo da Aiba e da Cooperfarms, Luiz Pradella, acredita que a troca de conhecimento, experiências e cooperação poderá fazer a diferença. “Somente com todos trabalhando juntos, cooperando uns com os outros, é que poderemos garantir uma produção agregando valor e a rentabilidade, e, assim, contribuímos para uma sociedade mais justa e um ambiente mais equilibrado”, destacou.

O representante do Conselho Municipal de Desenvolvimento Sustentável de Baianópolis (CMDS), Cleuzinho Neres, falou da oportunidade de troca de experiências. “O CMDS representa 23 associações de Baianópolis e, para nós, escutarmos dos grandes (produtores) e sabermos que começaram devagar, assim como nós, e que realizam práticas tão simples para produzir e preservar nos dá mais força e convicção que se não cuidarmos direitinho e não produzirmos com consciência daqui a pouco não haverá nem grande, nem pequeno produtor”, disse, elogiando a preocupação e parceria mútua entre eles.

O workshop contou com a parceria da Abapa; NaanDanJain; Cetep; Ufob; Fasb; Uneb; UFV; do Instituto Water for Food, da Universidade de Nebraska; do governo do Estadual, por meio da Secretária de Meio Ambiente (Sema) e da Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR).

Com informações da Ascom Aiba
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.