• Cefir nos municípios
  • .

Notícias

24/05/2019 12:00

Governo e municípios do Baixo Sul articulam estratégias para potencializar o desenvolvimento produtivo

Debater iniciativas que possam alavancar a produção rural do Território de Identidade Baixo Sul, com tecnologia, inovação, assistência técnica e extensão rural (Ater) e avaliar as políticas públicas que estão em curso para potencializar o crescimento produtivo da lavoura cacaueira no território. Esses foram os objetivos do seminário realizado pelo Governo do Estado, em parceria com o Consórcio dos Municípios do Baixo Sul (Ciapra), na sexta-feira (24), no município de Ituberá.

Na ocasião, o assessor especial da Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema), Durval Libânio, estava presente para esclarecer aos representantes dos municípios as ações referentes ao Cadastro Estadual Florestal de Imóveis rurais (Cefir) e a portaria conjunta Sema/Inema n 03 de 16 de abril de 2019 que dispõe sobre os critérios e procedimentos para a concessão da autorização de manejo da cabruca.

O evento, intitulado Parceria Mais Forte - Governo do Estado e Consórcio Ciapra juntos pela Agricultura Familiar, foi marcado por um conjunto de assinaturas voltadas para o desenvolvimento produtivo da agricultura familiar no Baixo Sul, a exemplo do termo de cooperação entre a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) e o Ciapra, destinado ao desenvolvimento rural em Áreas de Proteção Ambiental; o termo de cooperação para a execução de ações do Plano Operacional do Cacau 2018/2022; e o termo de adesão ao Serviço de Inspeção Municipal (SIM), assinado pela Prefeitura de Ituberá e o Consórcio Ciapra.

Durante o seminário foram apresentadas as experiências de Ater da Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater), realizada em parceria com o município de Teolândia, por meio do projeto Mais Ater e com a Associação das Cooperativas de Apoio à Economia Familiar (Ascoob), mediante chamada pública. O Mais Ater é uma modalidade de parceria entre Governo do Estado, por intermédio da Bahiater/SDR e as prefeituras, com o objetivo de contribuir com a estruturação das secretarias municipais de Agricultura, para viabilizar a prestação do serviço de assistência técnica e extensão rural (Ater) para agricultores familiares dos municípios.

Edilza Maria de Jesus, agricultora familiar do município de Ituberá, beneficiada com serviço de Ater, por chamada pública com a Ascoob, fala dos primeiros resultados com a prestação deste serviço: “Com a assistência técnica foi possível produzir alimentos saudáveis e sadios para a nossa comunidade e para todos, com uma boa aceitação no mercado. Estamos vendendo em feiras e em alguns comércios da cidade. Aprendemos como utilizar o esterco e outras coisas que temos na região, como cascas de mandioca e de cacau, na produção de hortaliças. Agora a gente produz as hortaliças puras, sem agrotóxicos, e, com isso, nós estamos tendo grandes resultados”.


Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.