• Cefir nos municípios
  • Educação Ambiental para a Juventude do Campo
  • .

Notícias

28/11/2017 21:00

Sema realiza segunda edição das oficinas do Gerco em Dias d'Ávila

A segunda edição da oficina de Gerenciamento Costeiro - Construindo Estratégias para o Gerenciamento Costeiro na Bahia (Gerco-BA) foi realizada nesta terça-feira (28), pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema), na prefeitura de Dias d'Ávila, município que faz parte da zona costeira do Litoral Norte. O evento reuniu gestores municipais, representantes do Poder Público Federal, representantes de universidades e sociedade civil.

De acordo com o coordenador do Gerco-Ba, Rosalvo Júnior, "o objetivo da atividade de hoje foi mobilizar os atores dos municípios de Dias d'Ávila, Lauro de Freitas, Entre Rios, Mata de São João e as demais cidades que fazem parte do Litoral Norte, para construir os instrumentos e as políticas de gerenciamento costeiro para a região litorânea".

O Superintendente de Políticas e Planejamento Ambiental da Sema também esteve presente na oficina. "Nós estamos aproveitando as oficinas para fazer uma grande mobilização. Nós temos uma costa de aproximadamente 1.200 Km, e a partir da avaliação delas percebemos que faltam alguns estudos na parte de desenvolvimento de todo o litoral. Então, a ideia é moblizar os municípios que estão em torno desses pólos para discutir com os atores sociais e sensibilizá-los no sentido de que cada um deles precisa ter seus Planos Municipais de Gerenciamento Costeiro".

O Plano Municipal de Gerenciamento Costeiro, que é uma ferramenta de planejamento orientada pela Política Nacional de Gerenciamento Costeiro (Lei nº 7.661/88) para garantir o livre acesso às praias e a conservação e preservação dos ecossistemas costeiros, foi um dos principais instrumentos discutidos na oficina. A ideia é que o Plano seja construído através dos dados e diagnósticos levantados através da troca de informações entre os participantes, para dar suporte no gerenciamento das zonas costeiras da Bahia em cada região. As atividades foram conduzidas por Rosalvo Junior e pela diretora de Educação Ambiental da Sema, Zanna Matos.

José Guimarães, que trabalha na área de avaliação da Superintendência de Patrimônio da União, foi um dos participantes. Para Guimarães, "a oficina trouxe conhecimentos e informações precisas que vão direcionar o trabalho da SPU relacionado às ocupações indevidas, além de outras responsabilidades para manter a qualidade das orlas marítimas da Bahia".

A próxima oficina Gerco - Construindo Estratégias para o Gerenciamento Costeiro na Bahia, acontece na região do Baixo Sul, em Valença, na Ceplac, na Rua Quintino Bocaiuva, nº 192, Centro. Os municípios contemplados são, além de Valença, Cairu, Taperoá, Nilo Peçanha, Ituberá, Igrapiúna, Camamu e Marau.

.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.