• Cefir nos municípios
  • Educação Ambiental para a Juventude do Campo
  • .

Notícias

25/08/2017 17:00

Sema oferece cursos de Gestão Pública das Águas

O Programa de Formação em Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Formar), realizado pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema), oferece em setembro dois cursos de Gestão Pública das Águas para Membros de Comitês de Bacias Hidrográficas (CBH). A iniciativa tem como objetivo apresentar análise das políticas Nacional e Estadual de Recursos Hídricos e seus instrumentos de gestão. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas através do site da Sema.

No dia 5, acontece o Curso Gestão Pública das Águas para Membros do CBH Frabes (rios Frades, Buranhém e Santo Antônio), na cidade de Eunápolis. No dia 21, o curso será para os membros do CBH PIJ (rios Peruipe, Itanhém e Jucuruçu), no município de Mucuri. Ambos os cursos oferecem 30 vagas destinadas aos membros dos respectivos Comitês e servidores da Sema e Inema. Os locais das aulas serão informados no site da secretaria, na página do Programa Formar.

O propósito do Curso de Gestão Pública das Águas é analisar as políticas Nacional e Estadual de Recursos Hídricos e seus instrumentos de gestão para se compreender sua relevância e aplicabilidade, aprimorando a participação na gestão integrada de recursos hídricos, na definição de políticas públicas e na execução de projetos de base local.

PROGRAMA FORMAR

A Sema, por meio da Diretoria de Estudos Avançados do Meio Ambiente (Deama), estruturou Formar para ofertar capacitação, mediante a implantação de um programa integrado de formação continuada.

O Programa tem como objetivo estruturar as ações de desenvolvimento de pessoas que atuam na área ambiental em sintonia com as demandas do Sistema Estadual do Meio Ambiente (Sisema) e do Sistema Estadual de Gerenciamento de Recursos Hídricos (Segreh), potencializando recursos e esforços.

O Programa também investe em processos de aprimoramento da gestão pública, dentre os quais, processos educativos, no intuito de criar as condições indispensáveis para o alcance da eficiência na implantação e execução de políticas públicas voltadas para gestão ambiental, além de cooperação para responder, com efetividade, às demandas da sociedade baiana.
 
.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.